Tecnologias Emergentes e a Plataforma Lumen
Tendências de TI
16/09/2020
Print Friendly, PDF & Email

Tecnologias Emergentes e a Plataforma Lumen

As aplicações atuais exigem algo mais do que um modelo de nuvem centralizado, de acordo com 82 por cento dos tomadores de decisões de TI globais pesquisados em junho de 2020* pela Quadrant Strategies.  A nuvem centralizada é muito distante para as aplicações de muitas empresas, mas muitos clientes não querem administrar as dependências no nível de distribuição que suas aplicações exigem.

É aí que entra a computação de borda, mas apenas ter aplicações que estão próximas dos usuários do ponto de vista de latência não é o suficiente. As aplicações distribuídas estarão trabalhando de forma coordenada com um ecossistema maior de cargas de trabalho na nuvem, em data centers corporativos e localidades na borda do mercado. O poder da Plataforma Lumen está em sua capacidade de controlar a latência, a largura de banda e a segurança para aplicações em data centers na nuvem, na borda do mercado e nas dependências.

Tudo se trata do que os clientes vão querer no futuro: aplicações que não ficam paradas em apenas um lugar.  A capacidade de mover cargas de trabalho entre a nuvem centralizada e a computação de borda ou nas dependências – onde quer que os clientes escolham – isto está se tornando uma parte importante do que impulsiona os negócios de nossos clientes.

Redes baseadas em intensidade

As mudanças na infraestrutura da rede – incluindo os protocolos de segurança nas novas conexões de clientes – são parte desta capacidade de mudar as aplicações de lugar. Mas os clientes não querem se preocupar com a rede.  Querem se preocupar apenas com suas aplicações.

Os clientes corporativos nos contam que não querem pedir infraestrutura de rede separada das aplicações. Eles querem que a rede venha com – e esteja disponível entre – suas localidades de aplicações, então quando compram a infraestrutura em nuvem, a rede está lá. Este é um grande diferenciador da Plataforma Lumen: você recebe a rede quando recebe a nuvem – não é um passo separado.

Se um cliente precisar de mais largura de banda, a rede pode ser escalada. Se uma aplicação tem necessidades específicas de latência, o cliente a especifica e a rede fornece a latência certa. É disto que se trata “redes baseadas em intensidade”. Você especifica sua intenção de rede para suas aplicações e a rede se ocupa disto.

Os clientes precisam de serviços gerenciados para orquestrar onde as aplicações estão rodando baseadas nas demandas que vão mudando: hora do dia, promoções rodando, etc. Em horas de pico, muitas aplicações precisarão da baixa latência da computação de borda: 60 por cento* dos tomadores de decisões de TI globais pesquisados exigem uma latência de 10 milissegundos ou menos para suas aplicações e um em cada cinco exigem 5 milissegundos ou menos. Por exemplo, controlar um robô na cozinha automatizada de um restaurante de fast-food: sensores sentem a pressão do cozimento e um sensor ótico enxerga o próximo limão a ser pego. Se sua aplicação estiver 30 milissegundos distante na nuvem centralizada, você terá que executar sua linha em uma velocidade mais lenta.

Ter latência baixa, seja no site ou na borda do mercado, lhe permite executar uma aplicação de controle robótico onde você não poderia fazê-la efetivamente de outra forma. Então, quer você tenha os recursos de TI para administrar uma fazenda de servidores local ou quer queira que alguém o faça perto de suas instalações, a capacidade da Plataforma Lumen de fornecer redes de alto desempenho e computação de borda agrega um tremendo valor.

Absorva mudanças de demanda com segurança

Mais de 90 por cento* dos tomadores de decisões de TI globais pesquisados dizem que o controle de uma camada de rede subjacente é essencial para uma gestão de infraestrutura multinuvem.  A Plataforma Lumen tem as rotas mais diretas para a nuvem.  Como um operador de rede em escala, podemos fornecer serviços de conectividade direta entre as aplicações para ajudar a atender as necessidades dinâmicas de desempenho dos clientes.

Muitos provedores operam através da internet pública, mas isto não lhes permite controlar a latência.  Devido à forma como o roteamento de rede funciona, se uma aplicação salta entre diversos provedores de rede, você não consegue descobrir determinadamente qual é a rota.  Você não pode garantir a latência.  A Plataforma Lumen oferece aos clientes uma vantagem de desempenho real porque nós operamos uma dos maiores backbones de internet do mundo.

A Lumen pode controlar o outro lado desta conexão também, porque também expandimos em prédios corporativos.  Ao administrar conectividade corporativa, conectividade de borda de mercado e conectividade de nuvem centralizada, podemos permitir que a rede se flexibilize com as demandas das aplicações mudando dinamicamente.

Recentemente, observamos que a Covid-19 resultou em cerca de 35 por cento de aumento no tráfego de internet.  Muitos de nossos clientes acreditam que a Covid-19 resultará em uma aceleração permanente de suas iniciativas digitais: dois em cada três* tomadores de decisões de TI globais pesquisados acreditam que as mudanças nas operações de negócios trazidas pela COVID-19 permanecerão, gerando uma mudança de longo prazo na estratégia de negócios.

A Plataforma Lumen pode absorver as mudanças imprevisíveis e massivas de tráfego que podem ocorrer com algo como a Covid-19.  Temos a escala e a escala da rede Lumen também nos dá uma visibilidade melhor das ameaças de segurança.  Com conectividade aos principais data centers na nuvem, capacidades de co-location e inúmeros escritórios centrais para computação de borda, a Plataforma Lumen é um lugar ideal para que as aplicações distribuídas residam e façam coisas incríveis.

 

*Lumen, Relatório Global de Tendências:  Como a 4ª Revolução Industrial está Mudando TI, Negócios e o Mundo, setembro 2020

Este conteúdo é oferecido exclusivamente para propósitos de informação e pode exigir pesquisa e comprovação adicionais pelo usuário final. Adicionalmente, a informação é fornecida “como está”, sem nenhuma garantia ou condição de qualquer tipo, seja expressa ou implícita. A utilização desta informação é por conta e risco do usuário final. A Lumen não garante que a informação atenderá os requisitos do usuário final ou que a implementação ou utilização desta informação terá o resultado desejado pelo usuário final. Este documento representa os produtos e ofertas da Lumen na data de publicação. Serviços não disponíveis em todas as localidades. Apenas clientes corporativos.  A Lumen pode alterar ou cancelar produtos e serviços ou substituir produtos e serviços similares a seu próprio critério e sem aviso prévio.
© 2020 Lumen Technologies. Todos os direitos reservados.

Artigo original em inglês: https://blog.lumen.com/emerging-technologies-and-the-lumen-platform/

 

Andrew Dugan
Autor:
Andrew Dugan
CTO – Lumen

Compartilhar

Artigos Recentes

Cibersegurança: fundamental para “fechar as portas” para os atacantes

by | maio 21, 2024 | Segurança,Segurança,Tendências de TI | 0 Comments

O foco na visibilidade da rede, a disponibilidade das aplicações, a resiliência dos data centers, a capacitação das pessoas e o monitoramento contínuo da...

Um guia para começar a usar seu assistente de IA Companion

by | maio 16, 2024 | Tendências de TI,UC&C,UC&C | 0 Comments

  No acelerado ambiente de trabalho atual, as prioridades são maximizar a produtividade e melhorar a colaboração.  Felizmente, a tecnologia de IA pode ajudar nisto...

Conectando Latitudes: Rumo a um futuro digital seguro e eficiente na América Latina

by | maio 15, 2024 | Conectividade,Conectividade,Tendências de TI | 0 Comments

  O dia 17 de maio é o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, momento propício para refletirmos sobre os avanços e perspectivas dessa área...

O futuro dos data centers na América Latina: transformação impulsionada pela inteligência artificial

by | maio 2, 2024 | Data Center & Hybrid Cloud,Data Center & Hybrid Cloud | 0 Comments

Em um mundo cada vez mais interconectado, a inteligência artificial será um motor de transformação para a indústria de data centers na América Latina   A inteligência...

Como ajudar suas equipes de vendas com a Inteligência Conversacional (2ª parte)

by | mar 26, 2024 | UC&C | 0 Comments

Em nosso artigo anterior, discorremos sobre a diferença entre Inteligência Conversacional e IA Conversacional - algo bem sutil mas com aspectos e aplicações diferentes...

O que eu, mulher, já vivi no mercado de Tecnologia?

by | mar 19, 2024 | Tendências de TI | 0 Comments

Como minhas experiências e desafios me ajudaram a conquistar espaço nesse setor Que mulher nunca ouviu alguma dessas frases no seu dia a dia de trabalho? “Lá vem a...

Façamos com que o futuro dependa de nós, estejamos cientes da IA e trabalhemos de acordo com ela

by | mar 18, 2024 | UC&C | 0 Comments

Adoro ler livros ou conversar com pessoas que enfrentam o olho do furacão quando ocorrem coisas transformadoras no mundo e, em particular, com aquelas ligadas a novas...

Inteligência Conversacional versus IA Conversacional. Qual é a diferença? (1ª parte)

by | fev 20, 2024 | UC&C | 0 Comments

Existe uma solução de Inteligência Conversacional (Conversation Intelligence) que melhora a produtividade, encurta os ciclos de negociação e aumenta a previsibilidade...

Navegando pela Nova Fronteira: Desafios e Oportunidades para empresas chinesas em expansão para a América Latina

by | fev 6, 2024 | Tendências de TI | 0 Comments

A expansão para a América Latina representa uma excelente oportunidade para as empresas chinesas que desejam acessar novos mercados e aumentar sua presença global.  Os...

A infraestrutura em nuvem: um motor de inovação e transformação corporativa

by | dez 28, 2023 | Data Center & Hybrid Cloud,Tendências de TI,Tendências de TI | 0 Comments

A era digital trouxe uma oportunidade sem precedentes para promover novos modelos de negócios na internet, que se adaptam aos novos hábitos de consumo e às necessidades...