Os Ciberataques aos quais as empresas estão expostas e as Recomendações para evitá-los
Segurança
16/07/2021
Print Friendly, PDF & Email

Os Ciberataques aos quais as empresas estão expostas e as Recomendações para evitá-los

Na América Latina, os comércios varejistas, as instituições de educação, as empresas de serviços e as entidades públicas fazem parte das empresas mais afetadas por ciberataques. Segundo confirmou o relatório The State of Ransomware 2021, da Sophos realizado entre junho de 2020 e junho de 2021, afirmou que 19% das empresas colombianas receberam pelo menos um ciberataque.  

A pandemia permitiu que muitas empresas avançassem em matéria de conectividade para continuar funcionando, mas por outro lado, os cibercriminosos aumentaram os ataques e as formas de realizá-los. Para Pablo Dubois, Regional Security Product Manager da Lumen Technologies na América Latina: “À medida que os ataques cibernéticos se tornam mais comuns e sofisticados, as empresas requerem soluções de segurança integrais para proteger os dados e as aplicações importantes”.

Neste sentido, o diretor mencionou alguns dos ataques mais comuns e algumas recomendações que os empresários colombianos devem levar em conta para minimizar e reduzir o risco de ciberataques.

Tipos de ciberataques mais comuns:

Malware: É um software malicioso que se instala no sistema provocando alteração do equipamento, bloqueio de acesso à rede e apropriação de informação pessoal.

Phishing: É a imitação de identidade tornando-se a maneira de roubar dados sensíveis, geralmente através de e-mails.

Ataques de interceptação (MitM): Também conhecidos como ataques de escuta secreta, costumam ocorrer através de uma rede WiFi pública ou insegura, onde os criminosos podem acessar e controlar os dispositivos de forma incógnita e roubar ou capturar informação confidencial. 

Ataque de negação de serviço (DDoS): Estes ataques tornam vários dispositivos vulneráveis e gera danos no sistema da empresa para que não possam terminar os processos e solicitações, saturando a rede.  Adicionalmente, os cibercriminosos pedem resgate para recuperar a informação.

Recomendações:

  • Contratar companhias especialistas em segurança que ofereçam soluções para todos os tipos de ataques “É importante que as empresas que fornecem serviços de segurança contem com locais especializados como o Lumen Black Lotus Labs ou centros de pesquisa localizados em lugares estratégicos globais, onde depuramos a maioria dos ataques cibernétivos”, afirmou Dubois.
  • Não abrir arquivos de procedência duvidosa ou acessar links desconhecidos, utilizar aplicações confiáveis, proteger todos os dispositivos com antivírus e ativar o protocolo de antispam nos emails são outras recomendações do especialista.
  • “No caso dos ataques de negação de serviço (DDoS), jamais pague o resgate exigido, já que isto serve apenas para fomentar este modelo de negócio ilícito e não há garantias de que os delinquentes irão realmente deter o ataque”, disse Dubois.

Finalmente, é importante ressaltar que a Lumen conta com soluções como Segurança On-Premise, DDos Mitigation 2.0 e Advance Event Correlation que permitem responder rapidamente aos ataques.

Para mais informações, consulte o Relatório da Lumen sobre ataques de DDoS do primeiro trimestre de 2021.

Compartilhar

Artigos Recentes

10 recomendações para enfrentar as ciberameaças no setor de varejo

by | jun 6, 2024 | Segurança | 0 Comments

Diante do crescimento do comércio online, as empresas de varejo devem fortalecer suas políticas de cibersegurança. Ricardo Pulgarín, especialista em cibersegurança da...

Cibersegurança: fundamental para “fechar as portas” para os atacantes

by | maio 21, 2024 | Segurança | 0 Comments

O foco na visibilidade da rede, a disponibilidade das aplicações, a resiliência dos data centers, a capacitação das pessoas e o monitoramento contínuo da...

Um guia para começar a usar seu assistente de IA Companion

by | maio 16, 2024 | Tendências de TI,UC&C | 0 Comments

  No acelerado ambiente de trabalho atual, as prioridades são maximizar a produtividade e melhorar a colaboração.  Felizmente, a tecnologia de IA pode ajudar nisto...

Conectando Latitudes: Rumo a um futuro digital seguro e eficiente na América Latina

by | maio 15, 2024 | Conectividade,Tendências de TI | 0 Comments

  O dia 17 de maio é o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, momento propício para refletirmos sobre os avanços e perspectivas dessa área...

O futuro dos data centers na América Latina: transformação impulsionada pela inteligência artificial

by | maio 2, 2024 | Data Center & Hybrid Cloud | 0 Comments

Em um mundo cada vez mais interconectado, a inteligência artificial será um motor de transformação para a indústria de data centers na América Latina   A inteligência...

A inevitável transição para SASE: mais além da segurança legada

by | abr 16, 2024 | Segurança | 0 Comments

A crescente complexidade das ameaças cibernéticas exige uma evolução nas abordagens de segurança, deixando para trás as soluções legadas baseadas em hardware e adotando...

Como ajudar suas equipes de vendas com a Inteligência Conversacional (2ª parte)

by | mar 26, 2024 | UC&C | 0 Comments

Em nosso artigo anterior, discorremos sobre a diferença entre Inteligência Conversacional e IA Conversacional - algo bem sutil mas com aspectos e aplicações diferentes...

O que eu, mulher, já vivi no mercado de Tecnologia?

by | mar 19, 2024 | Tendências de TI | 0 Comments

Como minhas experiências e desafios me ajudaram a conquistar espaço nesse setor Que mulher nunca ouviu alguma dessas frases no seu dia a dia de trabalho? “Lá vem a...

Façamos com que o futuro dependa de nós, estejamos cientes da IA e trabalhemos de acordo com ela

by | mar 18, 2024 | UC&C | 0 Comments

Adoro ler livros ou conversar com pessoas que enfrentam o olho do furacão quando ocorrem coisas transformadoras no mundo e, em particular, com aquelas ligadas a novas...

Inteligência Conversacional versus IA Conversacional. Qual é a diferença? (1ª parte)

by | fev 20, 2024 | UC&C | 0 Comments

Existe uma solução de Inteligência Conversacional (Conversation Intelligence) que melhora a produtividade, encurta os ciclos de negociação e aumenta a previsibilidade...